4 ideias de decoração minimalista para o home office

decoração minimalista

A decoração minimalista começou como uma tendência, porém, nos últimos anos, provou que veio para ficar! Ela se baseia em um visual mais “clean” e organizado, com poucos itens e valorizando as peças principais. Desta forma, o estilo vem ganhando cada vez mais adeptos no mundo todo, inclusive no Brasil.

Quando falamos em decoração minimalista, logo pensamos em ambientes modernos, com cores sóbrias e traços retos. Mas esse movimento vai muito além da sobriedade e tem tudo a ver com comportamentos e hábitos diferenciados dentro de casa.

O que é o movimento minimalista?

Mais que apenas um estilo de decoração, o minimalismo é também um modo de vida que sugere mudanças comportamentais em diversas áreas.

Tudo começou com manifestações artísticas e culturais que ocorreram no século XX. Elas foram baseadas na utilização de um mínimo de elementos estruturais como forma de expressão de arte e de comunicação.

Hoje, os adeptos do movimento minimalista buscam se livrar dos excessos e reconhecer o que é realmente essencial para sua vida e o que traz felicidade. De certa forma, o comportamento minimalista valoriza o autoconhecimento, criticando o consumo desenfreado e exagerado ao qual naturalmente somos expostos e influenciados.

Os minimalistas vivenciam mudanças no guarda-roupa, nas mobílias e nos artigos de decoração, criando um ambiente de decoração minimalista. E, desta forma, engrossam as mudanças nos hábitos de consumo que estão ocorrendo em várias esferas.   

A decoração minimalista

Na decoração, o estilo minimalista pode ser resumido como “menos é mais”. Ele preconiza os ambientes amplos, com poucos móveis e paleta de cores mais neutras. O branco e os tons claros são predominantes.

Esse é um estilo de decoração minimalista que busca transmitir calma e leveza, melhorando os níveis de estresse. Isso porque diminui a quantidade de informação que polui e satura a visão.

O minimalismo também está relacionado à organização e praticidade. É um tipo de decoração pensado para fazer sentido na rotina daqueles que habitam a casa ou apartamento de maneira prática e espontânea.

Se você está planejando seu home office, este estilo de decoração minimalista é apropriado e ajuda a organizar o trabalho. Aproveite esta tendência em decoração e parta para algo mais contemporâneo. O minimalismo é um ótimo caminho para o seu projeto. 

Para começar: livre-se dos excessos! E isso vale para tudo: materiais de trabalho, móveis, quadros, tapetes, adereços, enfeites. Valorize os espaços e deixe no ambiente apenas o que você realmente usa.

O legal é que, quando diminuímos as peças de decoração, acabamos valorizando o que permanece no espaço. Por exemplo, no ambiente minimalista do seu home office, tenha um móvel de destaque, como uma banqueta mais ousada, por exemplo.

E assim, com paredes mais neutras e poucas decorações, todo o destaque do ambiente vai para o este objeto mais icônico.

decoração minimalista

4 ideias de decoração minimalista para o seu home office

1. Móveis minimalistas: como escolher?

Num home office minimalista, como já dissemos, o ideal é não ter muitos móveis, e sim o que você realmente vai precisar.

Para isso, muitas vezes é preciso se desapegar. Afinal, você não terá local para guardar todos os livros, apostilas, documentos e pastas que costuma acumular no escritório. E, justamente por isso, o minimalismo é um jeito de viver.

Procure pensar quais serão os móveis para o ambiente. Invista em peças de qualidade, com design atemporal e marcante. Você pode até optar por móveis com layout mais ousado — desde que dentro da estética minimalista — sem ter medo de sobrecarregar a decoração.

Prefira móveis com traços retos, cores neutras e materiais como madeira e metal. Outro material que costuma fazer sucesso no estilo minimalista é o acrílico. Peças transparentes contribuem para um visual “clean” e arejado.

2. Cartela de Cores

Na decoração minimalista, as cores principais costumam ser neutras, como tons de cinza, bege, branco e preto. Isso porque são cores fáceis de combinar em paredes e com itens decorativos. Elas também transmitem a sensação de um ambiente mais organizado.

Porém, engana-se quem pensa que o estilo minimalista dispensa as cores. Muito pelo contrário! A diferença aqui é que as cores serão utilizadas em detalhes, criando apenas “pontos de cor” na sua decoração. Uma boa saída é deixar as cores para almofadas, objetos decorativos ou em alguns quadros.

3. Organização no espaço de trabalho

Se a ideia é um ambiente clean, não adianta nada você escolher os móveis e a decoração no estilo minimalista, mas deixar de lado a organização. Por isso, dê preferência a móveis que deixem pouco espaço visível para as “bagunças”. Abuse de baús, prateleiras brancas com espaço para guardar itens indispensáveis e gavetas para o seu material de trabalho.

Lembre-se: quando cada coisa possui o seu lugar certo, fica muito mais fácil manter a casa organizada todos os dias.

4. Acessórios minimalistas

No minimalismo, não precisamos dispensar todos os acessórios. O que acontece nessa tendência é que diminuímos a quantidade e escolhemos melhor cada uma das peças. Alguns objetos têm características correlatas a esse estilo, como por exemplo:

Vaso de planta

Além de trazer paz e vida para os ambientes, os vasos de plantas também podem ser usados como um ponto de cor na decoração. Você pode escolher pelos modelos pendentes, fixos no teto ou parede com suporte. Ou, então, os que ficam no chão, sobre um suporte aramado ou um banco simples de madeira.

Quadros minimalistas

As artes em preto e branco são um sucesso na decoração minimalista. Além de combinarem facilmente com os tons mais sóbrios, trazem um elemento “interessante” sem pesar os ambientes. Outros estilos que também combinam são as artes mais contemporâneas, abstratas e com poucos traços.

Luminárias

A luz faz toda diferença em qualquer ambiente e é fundamental para suas atividades profissionais. Por isso, as luminárias são uma peça-chave do estilo minimalista. Um modelo muito utilizado são as fixas na parede com suporte simples e reto, de madeira ou metal e com lâmpadas que deixam o filamento aparente.

Espelhos

Esta peça está cada vez mais presente na decoração. Ela saiu dos quartos para ocupar lugares de destaque na sala de estar e escritórios. No estilo minimalista, prefira espelhos sem molduras e de tamanho médio a grande.

O charme é que o espelho também ajuda a ampliar os ambientes e contribui para iluminação. 

Você já conhecia o estilo minimalista? Aproveite para conhecer o blog da Bergerson Home e outros estilos de decoração e tendências.

By Bergerson Home